Museu do Ipiranga: o descaso com o patrimônio histórico

O Museu do Ipiranga ou Museu Paulista é uma referência em São Paulo. Seu acervo reúne mais de 125 mil itens, entre objetos de arte e de decoração, mobiliário, iconografia e documentos diversos. Sem falar do edifício que abriga o museu, um projeto de 1884 do arquiteto italiano Tommaso Gaudenzio Bezzi.

museuipirangamuseuipiranga2

 

Há quase três anos, o espaço foi fechado às pressas para reformas. Havia risco, inclusive, desabamento do teto, de acordo com informações divulgadas na época pela diretoria do museu. Hoje, o jornal A Folha de S. Paulo, traz uma reportagem (o link está abaixo) informando que quase nada foi feito para recuperar esse importante patrimônio histórico. Não existe sequer orçamento do que precisa ser feito – a reforma que inicialmente foi orçada R$ 21 milhões, teria um custo de R$ 100 milhões, de acordo com o jornal. A previsão, também inicial, era de que o museu fosse reaberto em 2022 – nas comemorações do bicentenário da Independência. Só nos resta esperar…

Infelizmente, essa é mais uma demonstração do descaso do Estado de São Paulo com o patrimônio histórico.

Texto de Márcia Pinna Raspanti.

Confira a reportagem completa da Folha de S. Paulo no link abaixo:

reforma museu do Ipiranga

independenciaPA

“Independência ou Morte”, de Pedro Américo, uma das obras mais conhecidas do museu. Acima, imagens do edifício. FONTE: Museu Paulista.

Publicações Relacionadas

4 Comentários

  1. jacqueline franco
    28 de janeiro de 2016
  2. Décio
    28 de janeiro de 2016
  3. ernani
    27 de janeiro de 2016
  4. Isabella Oliveira Madeira
    27 de janeiro de 2016

Add Comment