Mães que odeiam os filhos

O assunto é delicado e dele pouco se fala. Existem mães que odeiam os filhos e vice-versa. Na mitologia grega, Medeia mata os próprios para se vingar de Jasão, que a deixou por outra mulher. Ele a acusa: “Infanticida! Fêmea abominável”. Procne, menos conhecida, mata o filho para vingar o adultério do marido e depois lhe serve a carne da criança cozida. Gea, a Mãe Terra, é o berço do nascimento e a sepultura da morte.

Mitologia e literatura oferecem outra visão da mãe, diferente da que quer passar o modelo social. Em Mãe em noite de lua cheia, de Luiz Antônio Aguiar, uma personagem escolhe realizar seus sonhos, mesmo que isso magoe a filha adolescente. Em Dois irmãos, Milton Hatoun descreve a personagem Mãe Zana com toques realistas. O cronista Rubem Braga não deixou por menos. Em um conto dedicado ao Dia das Mães, descreve como o excessivo zelo materno, somado às frustrações pessoais, torna-se um peso para o pequeno João, de oito anos. O dia em que troquei de mãe, de Jacqueline Mattos, revela uma personagem, Bruna, que foge por não aguentar sua mãe.

Na clássica peça Álbum de família, de Nelson Rodrigues, o diálogo entre os irmãos, Glória e Edmundo, é nu e cru: “Eu nunca disse a ninguém, sempre escondi, mas agora vou dizer: não gosto de mamãe. Não está em mim – ela é má, sinto que ela é capaz de matar uma pessoa. Sempre tive medo de ficar sozinha com ela! Medo que ela me matasse”. E a resposta, não menos crua, da mãe: “Isso aqui agora vai ficar pior – Glória vem aí… Ela nunca me tolerou, Edmundo, nunca! Quando nasceu e disseram MENINA, e tive o pressentimento de que ia ser minha inimiga. Acertei”. E depois, em conversa com a ex-nora: “Estou cansada, farta de não falar, de esconder há tanto tempo as coisas que eu sinto, que eu penso. Podem dizer o que quiserem. Mas eu dei graças a Deus quando minha filha morreu!”.

Em 1944, a peça causou repulsa. Até hoje, em fóruns acadêmicos ou debates públicos, o tema incita reações violentas. Tem gente que não acredita. Mas a verdade, explica a psicanalista Márcia Neder, é que as relações familiares engendram impulsos amorosos e hostis, mesmo que essa hostilidade permaneça escondida e disfarçada. Há tempos, o movimento feminista representado por Betty Friedan botou o dedo na ferida. Sim, há mães que detestam sê-lo. O nascimento de um bebê não traz só euforia e plenitude; os berros do recém-nascido, a dependência absoluta do adulto, a urgência em mamar estão longe de provocar as mesmas reações. A mulher pode viver essa experiência como fonte de prazer ou… um fardo.

Freud foi dos primeiros a nomear a ambivalência materna. Dentre as histórias clínicas que apresentou, há duas: a da mãe que não conseguia amamentar os filhos e a da que culpava a criança pela morte do pai. Ele revelou que a idealização – a mãe é fonte inesgotável de amor – oculta sentimentos agressivos: violência, irritação, vergonha e culpa.

Até meados do século XX, era comuns que mães, no seu momento “bruxa”, imprimisse nos filhos, e sobretudo nas filhas, modelos de autorrestrição. A obrigação de obedecer, assim como a vigilância sobre regras, eram constantes. As mães podiam punir tudo o que era considerado “indesejável” com “surras e cascudos”. Ou com pressão psicológica. As ameaças de retirada de afeto (“Você age assim e ninguém gosta…”), as ameaças de abandono e solidão (“Moça assim não casa…”), os castigos do Céu (“Nossa Senhora está olhando você e está triste), remorso (“Quando eu morrer, você vai ver a falta que vou fazer…”) ou culpa (“Só quero o seu bem…você está fazendo uma ingratidão”) abatiam-se sobre as costas dos filhos. Antes, a preocupação era que os filhos fossem bem-educados, que respeitassem os idosos, que fossem alvos de elogios. Hoje, preocupa “o que serão” e seu futuro.

Pesquisas publicadas nos Estados Unidos demonstram que o modelo da mãe ideal é tão forte que aquelas que não se identificam com ele sentem-se “desviantes”. Mesmo na psicoterapia, tais mulheres conseguem indignar os terapeutas: a “mãe má” é um tabu! É monstruoso mostrar esse lado sombrio da mulher. A intolerância contra colegas, amigos ou pessoas do outro sexo pode definir alguém como irracional ou infeliz, mas, a intolerância em relação aos filhos torna uma pessoa a encarnação do mal.

Segundo Márcia Neder, no reino da pedocracia, em que o culto à criança, o “reizinho” da casa, está plenamente instituído, é crime não amá-la e vergonhoso admitir que não se ame o próprio filho. A supervalorização da maternidade leva a analisar a “síndrome do ninho vazio” de maneira errada, ela explica. Longe de sofrer porque os filhos amadureceram, cresceram e saíram de casa, esse momento pode traduzir o alívio e a satisfação ao vê-los partir – aliada à autonomia da prole, vem a alforria da mãe, que pode voltar a pensar em si mesma.

Vale lembrar que ser mãe é uma condição subjetiva; nem toda a mulher fértil está apta a exercer a maternidade. Nem ela é mágica capaz de transformar o caráter da mulher.

– Mary del Priore.

Delacroix

Medeia, de Eugène Delacroix.

423 Comentários

  1. BUNDA
  2. DAVIDCASTRO
  3. cler apuke
  4. Luna
    • Luna
  5. Emily Phelan
  6. Holando Mentiz
  7. Christine John
  8. Jéssica Ornellas
    • bella
    • Depressiva
      • Deborah Rosa dos Santos
  9. Lisa Robert
  10. Claudia
  11. Ederson Bezerra Silva
  12. Anna Lê
    • Nelidia Goncalves de Aguiar
      • Denise
      • Marcia
      • Loiva
      • analua
        • elza
      • rayssa pedroza
      • Kakaja
      • Bruna
    • Evelin Carvalho
    • Jucilene Santos
      • Jucilene Santos
      • elza
      • Jeh
    • Adriana
    • Rosana
    • rayssa pedroza
    • bella
  13. Não me expor
    • Anônima
      • Maria
        • Crystal Lis
      • Solange da Silva Carvalho
      • Denise
      • Bia
    • Tatiane
    • Lucia Helena Bertholdo
    • Lucia Helena Bertholdo
  14. Marco Antonio
  15. Lacerda
    • Camila
  16. Felipe
    • Mimy
      • fenix
      • Bruna
  17. Adriana
  18. Liaah
  19. Andressa
    • K
  20. Kojiro
  21. Fátima
  22. Liu
    • Mimy
      • Adriana
    • Gaspar Ferreira Filho
      • Lourdes maria da Silva
    • Ana Paula
    • carlos gusmões
  23. Gi
  24. Thais
  25. sol
    • solange
    • andrea
  26. Mayara
    • Crystal
      • Cynthia
        • Maria
        • vieira albuquerque
        • julia
    • Sozinho também
  27. Maria
    • Crystal
  28. Regeane Repolho dos santos
  29. Adriano de oliveira Ferreira
    • socorro
    • jackson
      • Crystal
        • Maria
          • Menezes
    • Maria
    • gabriela
      • Maria
      • Crystal
    • Isabela Lopes da Silva
  30. Gisele Conceição
    • Crystal
      • vanessa
  31. Fernanda
    • Aninha
      • Felipe
    • Mana
  32. Debora
    • Flavia
    • Paulo
    • Mel
    • Bruna
      • MÁRCIA
        • Dréia
  33. Thuani
    • LUCIANA
  34. Daniela
    • B.
    • Daniela
      • Helo
        • Crystal
        • Crystal
      • Pri
      • Malka
      • Roseane
    • Helo
      • Laura
      • juliana
    • Andrea Lima
    • Fernanda
  35. SUELY DE CASTRO
  36. anita
  37. Sozinho
    • Helo
      • zilma
    • Andrea Lima
    • Flavia
    • monalisa de Queiroz Fernandes
  38. Stéphanie
    • Juliana
      • Fernanda
        • Maria
  39. Maria Reyes
  40. Mirela
    • Livia
    • Dayane
      • PATRICIA CARVALHO
    • Lela
  41. Mari
  42. Camila
  43. Wiliane Mendes
    • Lela
      • PATRICIA CARVALHO
      • Andrea Lima
  44. Linda
    • Mari
    • Valéria Fernandes
      • felisbela
      • Mario
      • EVELINE
      • Dolores
      • Lela
        • Luciane
    • Gey
  45. kelly cruz
  46. Nani
  47. Taise
    • Mari
    • Priscila
    • Helo
  48. anny
    • Fernanda
    • Nani
    • Valéria Fernandes
    • Helo
  49. Anisio
  50. Carmelita
  51. elisa
    • suzi
    • Lana
    • Msg
      • PATRICIA CARVALHO
      • Andrea Lima
    • Luciana
  52. Edson
    • Débora
    • Marcelo C
      • Edson
  53. ALESSANDRO LIMA
    • Raquel
  54. CICA
    • Manny
  55. mari
  56. :(
  57. Mirela
  58. triste
  59. triste
  60. Cláudia
  61. Enne
    • Evelin Cristina
  62. alexandre
    • suzi
  63. Carla
  64. suzi
    • evandro
  65. Vilma
    • Karen
  66. Aurea
    • alexandre
  67. jennifer
  68. lurdes da silva
    • Vilma
      • suzi
  69. Ninguém.
    • Miriam
    • Renata
    • Camila
    • alexandre
      • Clarice
    • Ninguém
  70. Daniela
    • Renata
  71. Ana Carolina Guerreiro
    • Renata
    • Airam Matheus
  72. Ninguém
    • laudi
      • Flavia
  73. Anônimo
    • Renata
  74. Diego machado da silva
  75. Eduarda
  76. Lourdes
    • Lourdes
    • juss
  77. Rafaela
    • Lidines de Jesus
  78. Marcelo Matt
  79. Leonardo
    • Flavia
    • Rosi
  80. Lídia
    • Marina
  81. An
  82. Lucia
    • Rosangela
    • Gel!
    • Ana
      • lucia
        • Luisa
        • Flavia
  83. simone
  84. Alice
  85. Ana
    • Andrea
    • denise
  86. Claudio
    • Márcia
      • marta salla
  87. Claudio
    • simone
  88. Anonymous
  89. anonimus
    • Maria
  90. Eli
  91. aryane
  92. paula
    • Karenina
  93. Fernanda
  94. Socorro
  95. Viviane
  96. Juliana Silva
    • dayane
    • Karenina
    • Celia
  97. ligia rodrigues
  98. Julia
    • Miriam Lopes
    • roseli
  99. Sarah
  100. Elizabeth cristina
  101. Ale
    • roseli
  102. joice
  103. Iara da Conceição Santos
    • rosa maria ribeiro
    • Ana
  104. cacilda
  105. liciney leal
  106. liciney leal
  107. mile
    • rosa maria ribeiro
  108. Rui A.Campos
    • izilda rossi
    • rosa maria ribeiro
    • rosa maria ribeiro
  109. Livia
    • Karolinne
    • liciney leal
    • melira
    • rosa maria ribeiro
    • Miriam Lopes
    • Vivian
    • Aurea
    • Aurea
  110. Eu
    • rosa maria ribeiro
  111. Dil Monteiro
    • rosa maria ribeiro
      • Dil Monteiro
  112. amiga de São paulo
  113. Débora
    • amiga de sao paulo
    • Miriam Lopes
  114. K
  115. maria helena madeiro
    • Fernanda Mello
      • Miriam Lopes
  116. Fernanda Mello
    • Miriam Lopes
    • estamos todas juntas pelo jeito sofro essa regeiçao desde criança e nao suporto mais isso.
  117. duartes
  118. Fernanda
  119. Francini Oliveira
    • Fernanda
    • rosa maria ribeiro
    • Kat
    • Miriam Lopes
  120. Bárbara
    • rosa maria ribeiro
  121. Thais
    • Bárbara
      • Fernanda
        • nalva lima
        • liciney leal
    • Fernanda
    • melira
    • rosa maria ribeiro
    • Anônimo
    • Joyce
  122. barbara zambon
    • Bárbara
      • maria helena madeiro
        • Eduarda
  123. selem de oliveira
  124. Lia
    • simone
      • Sol
  125. Carla
  126. Carol
  127. Karen
    • anonima
      • Rosi
      • R.
    • maria helena madeiro
      • Ana Paula
      • Miriam Lopes
      • simone
    • Deby
  128. Sofia
  129. maria vasconcelos
  130. Sstitan
  131. Adriana
  132. Mari
    • Audrey
      • Miriam Lopes
  133. Cintia
    • Ana
    • Miriam Lopes
  134. isabelle fontrin
  135. Rejane
  136. Adriana
  137. Fernanda
    • Stephanie
    • Fernanda
  138. Rejane
    • Valéria
  139. JANDIRA MARIA DE ANDRADE
    • JANDIRA MARIA DE ANDRADE
      • Robert
        • loving mother
          • Solange
    • Rosi
      • simone
        • Miriam Lopes
        • helo
  140. Karina
  141. Eloa Penna
  142. Sara
    • Lina
      • marta salla
        • Lina
          • Deby
        • helo
          • Rosemeire
      • Daniela
        • Helo
        • Rosemeire
          • Pri
      • helo
        • Luciana