O último motim urbano clássico do Rio de Janeiro

Ao trazer a imagem de um Rio de Janeiro conflagrado, em que as autoridades perderam o controle sobre a segurança e têm de recorrer às Forças Armadas para intervir nas comunidades cariocas, seria bastante provável que o leitor pensasse no atual caos urbano que afeta a Cidade Maravilhosa. Não se trata disso, mas da viagem até 1904 conduzida pelo historiador Nicolau Sevcenko e sua prosa inebriante, para demonstrar em “A revolta da vacina: mentes insanas em corpos rebeldes” que alguns problemas de hoje têm raízes profundas. Saiba mais: https://bit.ly/2uE065P

foto interna

Fotos de Augusto Malta – fotógrafo oficial da reforma do Rio de Janeiro proposta por Pereira Passos –, de Marc Ferrez e de periódicos.

Capa Revolta da Vacina

“A revolta da vacina: mentes insanas em corpos rebeldes”, Editora Unesp,

 

Deixe uma resposta