Nos 40 anos da Lei do Divórcio, historiadora analisa as transformações na família brasileira

‘Para a mulher, sobraram os encargos’, afirma Mary Del Priore.

O que mudou em 40 anos de divórcio?

O papel da mulher na sociedade brasileira mudou, e o homem perdeu autoridade com a entrada dela no mercado de trabalho. Cerca de 45% dos lares atualmente no Brasil são chefiados por mulheres e, com isso, o papel do homem é outro dentro da família. A obrigação com os filhos passa a ser dos dois — está na lei. Hoje, não são só deveres, como dar pensão. Os pais devem dar afeto, são obrigados a se preocupar com a inserção social de seus filhos. Antes, a responsável pela educação era exclusivamente a mulher.

E para a mulher, o que mudou?

Para ela sobraram os encargos. A renda do casal cai quase 50% quando o homem refaz a vida — casando novamente ou tendo outros filhos. Até os anos 1970 e 80, a mulher era educada para ser dona de casa e cuidar dos filhos e adequar-se ao mercado de trabalho não é fácil.

Para a historiadora Mary del Priore, atualmente as pessoas se sentem mais livres para, não estando felizes, se darem uma nova chance – Ana Branco / O Globo

Leia mais: https://oglobo.globo.com/sociedade/nos-40-anos-da-lei-do-divorcio-historiadora-analisa-as-transformacoes-na-familia-brasileira-21863410#ixzz4tuLmqWtA

Leia mais: https://oglobo.globo.com/sociedade/nos-40-anos-da-lei-do-divorcio-historiadora-analisa-as-transformacoes-na-familia-brasileira-21863410#ixzz4tuLNVllY

Deixe uma resposta