Mais de 500 vídeos gratuitos para usar em sala de aula

Uma ótima dica para os professores!

O “Curta Na Escola” reúne vídeos gratuitos feitos por brasileiros que podem ser aplicados ao ensino de crianças e adolescentes. O objetivo é promover e incentivar o uso curtas-metragens brasileiros como material de apoio pedagógico em salas de aula.

Além de disponibilizar informações pedagógicas básicas, como os níveis de ensino e as disciplinas às quais o vídeo é adequado, o site tem uma plataforma colaborativa, em que professores podem compartilhar seus planos de aula e seus relatos.

Até agora, o filme mais exibido é o Ilha das Flores (1989). Dirigido por Jorge Furtado, o curta de 13 minutos faz um ácido retrato da sociedade desigual em que vivemos ao acompanhar a trajetória de um tomate.

O projeto é da Synapse Produções, que comercializa o cinema independente brasileiro para o exterior. Já foram lançados três DVDs com os curtas, distribuídos a mais de três mil escolas

Conteúdo

Ao todo, há 530 vídeos no acervo do Curta na Escola. O site estima que mais de 60 mil alunostenham sido contemplados pelo projeto. O conteúdo é gratuito para todos que acessam, mas os professores que desejarem montar sua cinemateca e enviar suas experiências podem fazer um cadastro.

E a busca de vídeos é bem completa. O educador pode achar curtas de acordo com:

  • A disciplina: Artes, Língua Portuguesa, Sociologia, História, Ciências Sociais, Literatura, Geografia, Filosofia, Ciências, Biologia, Educação Artística, Música, Teatro, Educação Física, Física, Química, Inglês e Matemática.
  • O tema proposto: Pluralidade Cultural, Oficina Vídeo Interatividade, Cidadania, Ética, Psicologia, Diversidade, Comunicação, Saúde, Cultura de Massa, Trabalho e Consumo, Meio ambiente, Discriminação e preconceito racial, Família, Educação Ambiental, Tecnologias, Economia, Pedagogia, Gerontologia, Inclusão/Deficiências, Antropologia, Orientação Sexual, Tecnologias da Informação, Ciências Naturais, Política, Relações de Gênero, MPB, Geologia, Redação, Temas Locais e Sexualidade.
  • O nível de ensino: Educação Infantil, Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II, Ensino Médio, Ensino Técnico, Educação de Jovens e Adultos, Superior, Formação de Educadores, Pós-Graduação, Pós-graduação – Especialização, Pós-graduação – Mestrado, Pós-graduação – Doutorado e Formaçao ProJovem MDS.
  • A faixa etária: de 3 a 7 anos, de 7 a 10 anos, de 10 a 14 anos, a partir de 14 anos, de 14 a 18 anos, acima de 18 anos e todas as idades.

Os professores ainda podem cadastrar planos de aula e relatar experiências que vão ser compartilhadas com todos os colegas que acessarem o portal.

Confira:

http://www.curtanaescola.org.br/

Fonte: Canal do Ensino.

19 Comentários

  1. isaura amaral
  2. gomes
  3. Ivane Duvoisin.
  4. Marilene Haik de Aquino
  5. Marcia Veloso
  6. Luciana Souto da Silva
  7. Roberto Tledo
  8. ana de arruda valentim marcilino
  9. José Alberto Amorim
  10. vera teixeira
  11. Marcia Corina Mendes Lins
  12. Lucilene de Araujo Braga
  13. Maria Zilda Dantad

Deixe uma resposta