Coração de D. Pedro I é exibido na cidade do Porto

As filmagens de “O sentido da vida”, do diretor português Miguel Gonçalves Mendes, levaram à reabertura do cofre em que se encontra o coração de Dom Pedro I, em Portugal. A solenidade ocorreu na última sexta-feira na Igreja de Nossa Senhora da Lapa, na cidade do Porto.

A produção luso-brasileira pretende discutir questões existenciais em diversas localidades no mundo e com personagens que serão indagados pela mesma questão. No caso, o coração do autor do grito da independência no Brasil sobre Portugal foi exibido ao jovem brasileiro Giovane Brisoto, um dos personagens do filme e que sofre de paramiloidose (popularmente conhecida como Doença dos Pezinhos).

Um dia antes de morrer, em 24 de Setembro de 1834, em Lisboa, Dom Pedro I ordenou que o seu coração fosse entregue à cidade do Porto como agradecimento pelo empenho dos seus cidadãos no combate ao absolutismo. “Em tempos em que a liberdade volta a ser questionada, é bom lembrar D. Pedro”, afirmou o historiador Francisco Ribeiro da Silva, que acompanhou o processo.

As informações são do “Público”/O Globo.

Leia mais sobre esse assunto em:

http://oglobo.globo.com/cultura/filmes/coracao-de-dom-pedro-e-exibido-para-producao-de-filme-15018893

D. PedroI

2 Comentários

  1. Evaldo Rui de Oliveira 13 de janeiro de 2015
    • marcia 13 de janeiro de 2015

Deixe uma resposta