Até 1834, as noites no Rio eram de ‘absoluto silêncio e escuridão’

Foi nesse ano que a cidade ganhou um sistema de iluminação a gás. Mary del Priore explica que a concessão foi uma demanda do trânsito de carruagens e carroças, porque, na época, acidentes graves eram comuns devido ao breu.

Confira: Até 1834, noites no Rio eram de absoluto silêncio

 

Avenida Rio Branco, no Centro do Rio, no século XIX. Foto: Reprodução

Avenida Rio Branco, no Centro do Rio, no século XIX. Foto: Reprodução

One Response

  1. Helena Maria Barbosa 7 de junho de 2019

Deixe uma resposta