O escritor “fora de moda”

Publicado em 31 de maio de 2014 por - História do Brasil

Euclides da Cunha, o autor de Os Sertões, tinha uma característica curiosa: fazia questão de se vestir ostensivamente “fora de moda”. Antes de pensarmos que se tratava de uma tola excentricidade de Euclides, precisarmos entender um pouco do que estava ocorrendo no Brasil àquela época. Proclamada a República (1889), instalou-se um…

Leia Mais

A crônica policial e os crimes de adultério

Publicado em 31 de maio de 2014 por - História do Brasil

Por que o crime gera tanto interesse na sociedade? Segue mais um trecho do livro – ainda inédito – “História do Crime no Brasil”, organizado por Mary del Priore e Gian Carlo. Neste texto, as autoras analisam os cronistas e a crônica policial no País, desde o início do século…

Leia Mais

Casamento e virgindade nos tempos coloniais

Publicado em 30 de maio de 2014 por - História do Brasil

Hoje, o casamento na igreja precisa ter noiva de branco, mas nem sempre foi assim. Todos sabem que o vestido branco significa a pureza da noiva, sua virgindade. No Brasil colonial esta questão importava, apenas, para as noivas de elite que além da virgindade, levavam como dote, terras e escravos…

Leia Mais

Preservar, de quem é a responsabilidade?

Publicado em 30 de maio de 2014 por - História do Brasil

Por Natania Nogueira. Falamos anteriormente sobre a importância da educação patrimonial para a nossa sociedade. Hoje, vamos tirar alguns momentos para pensar em uma coisa que deve vir junto com a conscientização: a responsabilidade. Ser consciente do meu dever nem sempre implica ser responsável pelas minhas ações ou mesmo pelas…

Leia Mais

Palmadas e beliscões: a educação dos filhos

Publicado em 29 de maio de 2014 por - História do Brasil

No Brasil Colônia, cabia aos pais corrigir os filhos. Os castigos físicos eram mesmo incentivados: bolos, beliscões e palmadas assim como surras de açoite e vara de marmelo eram comuns. Acreditava-se que os castigos físicos eram uma forma legítima e eficiente de educar as crianças. Uma quadrinha do século XVIII,…

Leia Mais
1 432 433 434 435 436 519