Museu da Imigração inaugura exposição ‘Retratos Imigrantes’

Publicado em 25 de março de 2015 por - História

Com apoio do Consulado Geral dos Estados Unidos da América em São Paulo, a exposição Retratos Imigrantes promove um intercâmbio entre os acervos iconográficos do Museu da Imigração – instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – e do Museu da Imigração de Ellis Island, em Nova Iorque. Composta por 50 fotografias das duas primeiras décadas do século 20, a exposição compartilha as semelhanças do cenário imigratório da época nos dois países.

A inauguração está marcada para o dia 27 de março no MI, às 19h, com apresentação musical do Grupo de Choro EMESP, e no dia 2 de maio no Museu da Imigração de Ellis Island, em Nova Iorque. O diálogo inédito entre parte dos acervos das duas instituições – ambas sediadas em antigas hospedarias de imigrantes – tem como objetivo a preservação da história e memória do processo migratório para construção de seus países.

Das 50 imagens que serão expostas no Brasil pela primeira vez, 35 são do acervo do Museu de Ellis Island da coleção fotográfica de Augustus F. Sherman (1865-1925) – funcionário administrativo da antiga hospedaria de Nova Iorque que retratou por duas décadas os imigrantes que chegavam aos Estados Unidos. “Sherman foi o primeiro a fazer esses registros em um momento muito importante da fotografia documental. Embora fosse um fotógrafo amador, seu material tem rigor técnico. Ele captou imagens fortes que transmitem o olhar de esperança, cansaço e o aparente questionamento do desconhecido, do que estava por vir”, ressalta o fotógrafo e professor João Kulcsár, curador da exposição. “A exposição une essas imagens que apresentam conteúdo e estética muito semelhantes”, completa.

Para Marília Bonas, diretora executiva do Museu da Imigração, “a exposição mostra ao público o diálogo até então improvável entre as imagens produzidas na Hospedaria de Imigrantes do Brás, em São Paulo, e na Ellis Island em Nova Iorque. Essas instituições, em suas trajetórias irmãs, integravam o roteiro de destinos de homens e mulheres em busca de uma vida melhor nas primeiras décadas do século XX”.

A exposição temporária fica no Brasil de 27 de março a 6 de setembro, e uma outra configuração da mesma exposição chega a Nova Iorque no dia 2 de maio, permanecendo para visitação até 30 de setembro de 2015. O Museu da Imigração de Ellis Island prevê receber cerca de 250 mil pessoas para a mostra que terá como formato 35 fotos do acervo do Museu da Imigração do Estado de São Paulo/APESP, composto por imagens da Hospedaria de Imigrantes do Brás, e 15 fotografias de Sherman. O Museu da Imigração fica na Rua Visconde de Parnaíba, 1316, no bairro da Mooca, em São Paulo. O horário de funcionamento é de terça a sábado, das 9h às 17h, e aos domingos e feriados das 10h às 17h. O ingresso para visitar as exposições do Museu custa R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada). Quinzenalmente, às sextas-feiras, o MI oferece visitação noturna, ampliando seu horário de atendimento até às 21h. Outras informações estão disponíveis no site www.museudaimigracao.org.br.

Serviço Inauguração da exposição “Retratos Imigrantes”:
Data: 27 de março
Horário: 19h

Período: 27/03 a 06/09/2015
Horário: de terça a sábado, das 9h às 17h
domingo e feriados das 10h às 17h
Local: Museu da Imigração
Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, 1316 – Mooca – SP
Gratuito

Fonte: Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos no Estado de São Paulo.

imigrantes

 

Veja mais imagens no link abaixo:

http://arfoc-sp.org.br/media/k2/galleries/679/1.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comentários

Deixe o seu comentário!