Homenagens à D. Leopoldina

Publicado em 2 de outubro de 2014 por - História do Brasil

De 14 a 16 de outubro, acontece o Seminário Internacional, “D. Leopoldina e seu tempo: Sociedade, política, ciência e arte no século XIX”, no Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro. O evento inicia o calendário das comemorações do bicentenário da chegada da primeira imperatriz do Brasil, vinda da Áustria, a ser realizado em 2017, procurando abordar diversos temas que envolvem não apenas análises de gênero e biográficas, mas, sobretudo as possibilidades e experiências de vidas em três Cortes, na Europa e nos trópicos. O encontro conta com diversos especialistas como Isabel Lustosa (FCRB), Solange Godoy (MHN) e Valdirene do Carmo Ambiel (USP), entre outros. No dia 14 de outubro, às 15 h 30, Mary del Priore participa de uma mesa-redonda : “Leopoldina na Corte: sociedade, gênero e biografia”. 

Do dia 14 de outubro a 1º de março de 2015, ocorre  a exposição “Leopoldina, Imperatriz do Brasil”. Com curadoria da historiadora Solange Godoy e cerca de 200 peças do acervo do próprio Museu Histórico Nacional, a mostra aborda a infância da arquiduquesa, o casamento com d. Pedro e os compromissos assumidos em decorrência desse, a viagem da Áustria para o Brasil, a chegada ao Rio de Janeiro e as acomodações no Palácio de São Cristóvão; a missão científica, o papel político de Leopoldina, as relações familiares e a sua morte prematura aos 29 anos.

O fio condutor da exposição são trechos da vasta correspondência escrita por Leopoldina, que abrange desde a sua infância até a última noite de sua vida, quando já tinha consciência de sua morte iminente, num total de mais de 1.000 cartas conhecidas. Com caráter didático e lúdico, a exposição é aberta com o módulo “A Imperatriz Leopoldina no imaginário popular” apresentando como ela é percebida hoje.

Dona Leopoldina

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentários

  1. Monica Esteves disse:

    Gostaria muito de participar, como faço ? Grata.

Deixe o seu comentário!