Fantasmas e literatura

Publicado em 18 de outubro de 2014 por - História do Brasil

Luiz Fernando Ruffato de Souza, em crônica no jornal El País, fala sobre a participação de Mary del Priore no Festival Literário de Araxá (Fliaraxá).

“Entre os vários convidados do festival, estava Mary del Priore, que vem desenvolvendo uma importantíssima reflexão sobre nosso passado, por meio de incursões a temas em geral menosprezados pelos historiadores – ou seja, está revelando um retrato mais próximo da realidade, quando aborda questões como a sexualidade e o erotismo em Histórias íntimas, ou descreve a trajetória feminina brasileira em Histórias e conversas de mulher. Mary del Priore estava em Araxá para divulgar seu mais recente livro, A história do sobrenatural e do espiritismo, um excelente estudo sobre nossas crenças nas coisas do mundo invisível e suas implicações não apenas sociais como também políticas – basta lembrar que, após participar da luta pelo fim da escravidão, kardecistas e simpatizantes das religiões afro-brasileiras foram duramente perseguidos após a Proclamação da República”.

Confira o texto completo:

http://brasil.elpais.com/brasil/2014/10/14/opinion/1413295287_913211.html

IMG_8614[1]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comentários

Deixe o seu comentário!