Antiga chácara do século XIX é reaberta em São Paulo

Publicado em 29 de janeiro de 2016 por - História do Brasil

Por Paulo Rezzutti

A Chácara Lane, propriedade municipal que integra o Museu da Cidade de São Paulo, reabre amanhã, dia 30 de janeiro, sábado, às 11 horas com exposição da artista Marilá Dardot.

chacara2

A exposição reúne 30 criações feitas por Dardot, sendo uma das mais interessantes o inédito “Demão” que relembra sentenças e slogans da política brasileira. Indo da clássica “Independência ou Morte”, a recente “Não vai ter golpe” surgem algumas inusitadas, como a “Paz e Amor”. Quem achava que a frase nasceu no movimento Hippie dos anos 60 está enganado. Em 1909 era o slogan do governo Nilo Peçanha (1867-1924).

Sobre a Chácara Lane

O casarão que reabre no sábado é um marco da região da rua da Consolação, em São Paulo. Construído no final do século XIX, pertenceu inicialmente ao missionário presbiteriano americano George Chamberlain e sua mulher, Mary Annesley. Juntos, eles fundaram uma pequena escola em 1870 que viria a ser o embrião da Universidade Mackenzie.

chacara1 (1)

Em 1906, após a morte de Chamberlain, a viúva vendeu o imóvel de 16 mil metros quadrados ao Dr. Lauriston Job Lane, filho de Horácio Lane, diretor da Escola Americana. Job Lane, formado em medicina na Pensilvânia passou a exercer o ofício em um consultório no casarão e também no Hospital Samaritano, em Higienópolis, que ajudou a fundar.

O casarão, declarado propriedade de utilidade pública pela Prefeitura em 1943, foi utilizado para diversos fins: escola de educação infantil, Arquivo Histórico Municipal e abrigou a Biblioteca Circulante da Secretaria Municipal de São Paulo.

chacara4

 

Chácara Lane. Rua da Consolação, 1.024, tel. 3129- 3574. 3ª a dom., 9h/17h. Grátis. Até 17/4. Abertura no sábado, 30/1, às 11h.

FOTOS: Paulo Rezzutti.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comentários

Deixe o seu comentário!