A intimidade do Imperador: cartas para a condessa de Barral

            Aquela mulher tirou dele a timidez e os embaraços. Sua malícia era um convite. E ele, aceitou, confiando nela. Admirava-a e lhe concedeu todas as intimidades. E tecia-se o romance. A convivência era frequente e íntima. O elo que unia estas duas pessoas era muito forte. Não se tratava das “necessidades primitivas”, nome que se dava ao puro e simples desejo sexual, nesta época. E, sim, a mistura sublime e romântica de amizade, amor, entusiasmo pela beleza e o encontro de almas. Um sentimento construído num momento histórico especial: o século XIX.  Ele, era D. Pedro II, o imperador do Brasil. Ela, a Condessa de Barral.

 O trecho acima é do livro “Barral – a paixão do Imperador”, de Mary del Priore. Na obra, é narrada a forte ligação entre D. Pedro II e a condessa de Barral, um amor que durou por décadas. Agora, é possível conhecer a intimidade dos amantes (ou amigos, como defendem alguns) por meio das cartas trocadas entre eles. O Museu Imperial, através do Projeto DAMI, digitalizou e disponibilizou Coleção Barral Montferrat, composta por três maços de cartas, que perfazem um total de 268 correspondências escritas pelo imperador à condessa, nos períodos de 24 de março de 1865 a 23 de maio de 1868, de 12 de janeiro de 1876 a 19 de abril de 1877 e de 15 de julho de 1879 a 26 de março de 1881.

As cartas foram descobertas por pesquisadores nos anos 1950, depois da sua doação ao Museu Imperial em 1948. A correspondência já foi utilizada como fonte para a confecção de trabalhos de cunho biográfico, sendo também uma importante referência para os estudos relativos ao cotidiano político e econômico do Brasil. Em diversas cartas é possível acompanhar as reflexões de d. Pedro II da guerra do Paraguai, bem como seus relatos de viagens e de participação em eventos culturais e científicos no Brasil e em outros países.

Coleção Barral Montferrat reúne um conjunto muito interessante para conhecer a intimidade do último imperador do Brasil, seus interesses pessoais e opiniões a respeito de temas diversos. Sua disponibilização permite o avanço de pesquisas relacionadas à vida de d. Pedro II e aos principais acontecimentos em que esteve envolvido.

Confira a documentação no link abaixo:

http://187.16.250.90:10358/handle/acervo/3159

pedroaugustobarral

 

D. Pedro II, com o neto Pedro Augusto e a imperatriz Teresa Cristina; e a condessa de Barral, quando jovem.

Livro em quadrinhos conta história da cultuada maison Dior

Um lançamento que mistura história em quadrinhos e história da moda:

Como teria sido a ascensão de uma das mais cultuadas maisons da história? No livro em quadrinhos Girl in Dior, a escritora e ilustradora Annie Goetzinger volta no tempo até fevereiro de 1947, no primeiro desfile de Christian Dior. A narrativa tem como protagonista Clara, uma repórter selecionada pelo próprio estilista para ser modelo da grife.

Contando a aventura de Clara o livro mostra o sucesso de um dos estilistas mais celebrados de todos os tempos e a revolução que o New Look de Dior causou entre as mulheres da época. Quem se interessou já pode comprar a edição, escrita em inglês e com 128 páginas, pela Amazon.

girl-dior-livro

 

Fonte: MdeMulher (Revista Elle).

Capes seleciona projetos educacionais para serem financiados

Galeria

Esta dica é para professores, pesquisadores e estudantes que têm o sonho de desenvolver projetos de pesquisa no exterior. Já estão abertas as inscrições para o programa Cooperação Internacional da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). A Capes, por meio do Programa Geral … Continuar lendo

Participação da comunidade na formação de uma consciência patrimonial

Galeria

Esta galeria contém 1 foto.

Por Natania Nogueira. O que vem a ser exatamente Consciência Patrimonial? A grosso modo, podemos dizer que ela existe quando a comunidade, em seu todo, consegue reconhecer e valorar seus bens culturais. Ela identifica neles elementos importantes para a formação … Continuar lendo

VII Olimpíada Nacional em História do Brasil – inscrições terminam amanhã

Termina amanhã, dia 24 de abril, o período de inscrições para a 7ª edição da Olimpíada Nacional em História do Brasil. São Paulo, Ceará e Minas Gerais são os estados com maior número de inscritos. Podem participar estudantes regularmente matriculados no oitavo e nono anos do ensino fundamental e demais séries do ensino médio. A Olimpíada é realizada em equipes formadas por três estudantes e um professor de história. Para a Olimpíada 2015, serão praticados os seguintes valores para as taxas de inscrição:escolas públicas: R$30,00 (trinta reais) por equipe e escolas particulares: R$60,00 (sessenta reais) por equipe.

Mais detalhes:

http://www.unicamp.br/unicamp/noticias/2015/04/15/olimpiada-de-historia-recebe-inscricoes-ate-dia-24

Fonte: site da Unicamp.

livros-antigos

A conquista dos direitos trabalhistas no Brasil: avanços e contradições

Galeria

Esta galeria contém 1 foto.

Com a possibilidade da aprovação da “Lei das Terceirização”, os direitos trabalhistas estão em discussão. É bom recordar o contexto em que surgiu a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) no governo Vargas, e qual o seu significado para os trabalhadores … Continuar lendo

A “descoberta” do Brasil

Galeria

Esta galeria contém 1 foto.

D. Manuel, noivo de d. Maria, filha dos reis católicos, parecia querer apresentar Portugal ao mundo como a nova potência da cristandade ocidental. Por isso, organizou uma expedição que deveria dobrar o mercado indiano ao comércio com os lusitanos e também intimidar, … Continuar lendo